@Media Lab DN

Começámos a semana com uma sessão especial do “Falando da Europa”, que contou com a presença do o antigo Diretor do Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, Paulo Sande.

Sande falou com os alunos da Escola de Comércio de Lisboa acerca da “Europa Além da Troika”, abordando temas como o mercado livre e a moeda única.

Recebemos também a visita das alunas da escola EB 2,3 Nuno Gonçalves, que já tinham passado pelo stand Media Lab no 2º Congresso Literacia, Media e Cidadania. Desta vez, o grupo de amigas fez a 1ª página de um jornal com os temas mais marcantes do dia.

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela abertura da 83ª edição da Feira do Livro de Lisboa
  • Pela saída de José Mourinho do Real Madrid
  • Pelo tornado que atingiu Oklahoma

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

O Media Lab também esteve ativo este fim de semana, marcando presença no 2º Congresso Media, Literacia, Cidadania que teve lugar no Pavilhão do Conhecimento. Quem por lá passou teve a oportunidade de ficar a conhecer melhor o nosso projeto e construir a sua primeira página do Diário de Notícias.

Ficámos também a saber que, ao contrário do habitual, fomos nós a notícia no jornal da Escola Básica de Colares. Os alunos tinham vindo ao Media Lab fazer a sua primeira página no dia 5 de abril e agora decidiram recordar a visita numa notícia acerca do que aconteceu nesse dia no jornal da escola “Chão De Areia”. Muito obrigado pela vossa partilha!

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela divulgação da dupla mastectomia preventiva de Angelina Jolie
  • Pela derrota do Benfica na final da Liga Europa
  • Pela queda de chuva e neve em plena primavera

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

Continuando a iniciativa “Sete Dias com os Media”, recebemos na segunda-feira Carlos Magno, Presidente da Entidade Reguladora para a Comunicação Social, que falou com os alunos da Escola Secundária Dom Dinis e da FCSH sobre a independência dos meios de comunicação e a influência que fatores externos, económicos ou sociais, podem ter no jornalismo.

“Quais são os critérios para publicar um cartoon num jornal?” Foi a esta e outras questões que o cartoonista António Antunes respondeu, numa sessão com os alunos da Escola Secundária António Damásio.

E porque a 9 de maio de celebra o Dia da Europa, o Media Lab não quis deixar de assinalar esta data, tendo convidado a especialista em comunicação Antoaneta Roman, que falou com alunos do 3º ano da Escola Básica de Marco Cabaço, de Setúbal. Antoaneta partilhou algumas experiências com os alunos e deixou-lhes uma mensagem fundamental:  “viajar é aprender”.

Coube a Pedro Marques Lopes concluir os “Sete Dias com os Media” no Media Lab. “Vocês ainda veem televisão?” foi o mote para que os alunos refletissem sobre as novas fontes de informação e os direitos de autor de quem coloca conteúdos na Internet.

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela estreia dos alunos do 4º ano num exame nacional
  • Pela libertação de três mulheres raptadas há 10 anos
  • Pela saída de Alex Ferguson do Manchester United

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

“Uma Aventura… a escrever uma crónica” – Vencedor

O grande vencedor do passatempo “Uma Aventura… a escrever uma crónica” foi o João Pedro Casimiro Silva, com a “Crónica aos estudos”:

Crónica aos estudos

No processo do ensino e da aprendizagem, a evolução é sempre um parâmetro fundamental para se perceber o sucesso das estratégias pedagógicas. Assim sendo e tendo por base as questões dos alunos, que são o centro e o fim do ensino podemos analisar as fases sucessivas do processo educacional ao longo de uma década.

Há dez anos, numa sala de aula, em qualquer disciplina:

– Porque é que temos de estudar isto?

– Estudar permitir-vos-á vantagens no mercado de trabalho. Permitirá possibilidades acrescidas de sucesso. Estudar é uma mais-valia que vos garante um futuro.

Há cinco anos, numa sala de aula, em qualquer disciplina:

– Porque é que temos de estudar isto?

– Estudar permitir-vos-á vantagens no mercado de trabalho. Permitirá possibilidades acrescidas de sucesso.

– É isso, é. Ainda este ano ficaram milhares de professores desempregados.

E riram.

– Bom, disse a professora, eu não fiquei.

E continuou a aula.

Agora:

– Porque é que temos de estudar isto?

A professora parou por uns instantes. Não podia dizer que estudar ia garantir um emprego. Não podia dizer que estudar ia garantir o futuro. Não podia dizer que o mérito e o trabalho iam sustentá-los nos seus sonhos e aspirações. Não podia dizer isso, não só porque era mentira mas porque eles também sabiam que era mentira. Viam muito bem o que se passava. Podia dizer que estudar era um privilégio, que existiam milhões de crianças no mundo que ainda faziam sacrifícios para poder ir à escola mas ela sabia, tal como eles, que isso era demagógico.

Mas também achava que devia dar uma resposta.

– Vocês devem estudar, começou a professora com calma e olhando-os nos olhos, não porque garanta um emprego, que sabem muito bem que isso já não acontece, mas para poderem rir melhor.

– O quê?

– Quando vêem um filme ou uma série, há referências a outros livros ou filmes ou acontecimentos e se compreenderem melhor essas referências, se conhecerem mais, vão rir também muito mais. Nunca repararam nisso?

Um ou outro aluno acenou que sim. O resto estava parado a olhar para a professora.

– Quanto mais se estuda, mais poderemos rir porque o sentido de humor fica apurado. E isso não valerá a pena?

A professora ouviu pelo menos um sim, sorriu e avançou com a aula. Os alunos nunca mais voltaram a perguntar até ao final do terceiro período para que servia estudar e ela sentiu-se aliviada. Primeiro, porque assim podia concentrar-se em ensinar. E em segundo, porque se a resposta satisfizera, talvez fosse a correcta. Talvez. Mas, se assim fosse, não deixaria de ser irónico que numa cultura de massas, os motivos para estudar voltassem a ser elitistas.

@Media Lab DN

Esta semana foi marcada por várias iniciativas no Media Lab DN. Segunda-feira tivemos mais uma edição do workshop “Falando da Europa”, que contou com a presença de Manuel Romano, assessor de imprensa da Representação da Comissão Europeia (CE) em Portugal .

“Como comunica a União Europeia?” foi o mote para explicar aos alunos como funciona o processo de comunicação da CE com os media, os grupos de interesse e a população em geral.

Para começar os Sete Dias com os Media, recebemos Óscar Mascarenhas, que atualmente é o provedor do leitor do DN.

Com uma carreira de 31 anos, o jornalista falou dos perigos da manipulação nos meios de comunicação social, e as consequências de tal ato tanto para os jornalistas como para a população em geral.

A semana acabou com a presença do subdiretor do DN, Leonídio Paulo Ferreira, que falou com os alunos sobre a temática “como reportar em países onde a liberdade é limitada”.

“O que é que andamos a ler?” Foi sobre esta pergunta que o jornalista propôs que os alunos presentes pensassem na necessidade de se estar atento à informação que circula livremente à nossa volta.

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela passagem do Benfica à final da Liga Europa
  • Pela inauguração do World Press Photo 2013
  • Pela entronização de um novo rei na Holanda

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

Começámos a semana com o lançamento do passatempo “Uma Aventura… a escrever uma crónica”. O desafio passa por escrever uma crónica de tema livre, sendo que o vencedor leva para casa a coleção com os títulos: na terra e no mar, fantástica, perigosa, alarmante, debaixo da terra, na falésia, na televisão, no Ribatejo, no deserto, no teatro, no bosque, na mina.

Por estarmos no mês da Liberdade, recebemos como convidada especial a Professora Doutora Luísa Tiago de Oliveira, que frisou aos alunos do Colégio Cidade Roda que “39 anos depois é importante perceber que mudanças é que houve” durante a sessão especial “25 de Abril… E Depois?”

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela detenção de Isaltino Morais
  • Pelo sucesso do IndieLisboa
  • Pela medalha de bronze ganha pela atleta Telma Monteiro nos Europeus de Budapeste

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

Porque estamos em Abril, na quarta-feira tivemos a visita do Colégio Militar, que se propôs a fazer o Workshop “25 de Abril… e Depois?”, elaborando um dossier temático sobre o que mudou desde a Revolução dos Cravos até aos dias de hoje.Dois dos vencedores dos nossos passatempos também escolheram esta semana para nos visitar. O Afonso Caldeira, do Colégio Andrade Corvo, e o Diogo Maurício, que veio com a irmã, quiseram conhecer o Salão Nobre do DN onde funciona o Media Lab.

A nossa semana acabou com uma sessão especial. No sábado, recebemos várias famílias, que quiseram ser jornalistas por uma manhã e fizeram as suas primeiras páginas.

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pelo atentado na maratona de Boston
  • Pelo recorde de visualizações do novo vídeo de PSY
  • Pela chegada das temperaturas da Primavera

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

A Matemática é importante para o nosso dia-a-dia? Aqui no Media Lab tivemos um convidado especial que tentou responder a esta pergunta. O Professor Jorge Buescu falou com os alunos da Escola Profissional Profitecla, numa sessão subordinada às comemorações do Ano da Matemática do Planeta Terra, explicitando que a matemática está presente mesmo em coisas que não vemos, como nas transações bancárias online.

388675_524256457616498_763154279_n

“A Arte em Almada Negreiros” não quis deixar de visitar o espólio do pintor sem marcar presença no Media Lab. Na quinta-feira recebemos um grupo dos Intinerários de Lisboa, orientado pela Dra. Teresa Machado, que pôde observar de perto os célebres frescos que Almada Negreiros pintou aqui no edifício histórico do Diário de Notícias.

visita guiada

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela morte de Margaret Thatcher, a Dama de Ferro Britânica
  • Pela passagem do SLB às meias-finais da Liga Europa
  • Pela ascensão de Diogo Morgado em Hollywood

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!

@Media Lab DN

Iniciámos a semana com um recorde no Media Lab: um dos nossos “jornalistas” tinha apenas 95 anos e foi dos mais participativos ao fazer a “1ª Página de um Jornal”. Nesse dia foram também revelados os vencedores da primeira fase do “Passatempo Slogan Media Lab DN”.

Com o início do 3º (e derradeiro) período, voltámos a receber escolas em força. Desde alunos de Évora, a Cascais e Lisboa, todos levaram orgulhosamente para casa a sua página de jornal.

Ao mesmo tempo, fora do nosso cantinho na Avenida da Liberdade, a semana ficou marcada:

  • Pela demissão do Ministro Miguel Relvas
  • Pelo 40º aniversário do telemóvel
  • Pelo “encerramento” do Youtube no dia das mentiras

@braço, e lembra-te, também tu podes ser a notícia!